Antologias

⠀⠀

Vejo Cores em Você

“A antologia ‘Vejo Cores Em Você‘ reúne textos que trazem à tona os relacionamentos do cotidiano de pessoas LGBTQIA+, de maneira poética, por vezes dramática e engraçada […].”

Participo com o conto “Até Quando?”: Anayra faz o mesmo percurso de ônibus todos os dias, rumo à universidade, sempre no mesmo horário. Não para manter a pontualidade, mas para poder observar a garota de cabelos coloridos, que mexe com a sua cabeça há meses. Tímida, ela não tem coragem de se apresentar. Mas, o Destino resolve dar um empurrãozinho. E outro. E outro… Até quando? Para comprar, solicite aqui.

⠀⠀

Escritas Femininas em
Primeira Pessoa

A antologia “Escritas femininas em primeira pessoa” reúne 44 contos de mulheres negras e indígenas (cis e trans), selecionados durante o I Chamamento Oralituras: Escritas Femininas em Primeira Pessoa, organizado pela jornalista e editora Maitê Freitas.
Compondo o livro, as escrevivências das autoras se costuram em narrativas ficcionais, documentais e afrofuturistas. Participo com o conto (Re)Encontro. Você pode comprar o livro no site da Oralituras Editora, aqui.

O Nordeste em Cores

“Antologia literária do Coletivo Oxe, 15 escritoras e escritores LGBTQIA+ nordestines descortinam a região em seus vários tons, sotaques e narrativas; uma experiência imersiva e visual que viaja do litoral ao sertão. Reunindo textos em prosa e poesia, a antologia tece os retalhos de um Nordeste vivo: entre unidade e complexidade, urbano e rural, olhares enamorados, afetos e aconchegos, apresentando o protagonismo dos que tomam voz da própria história numa tela livre a ser descoberta. Compre aqui.

Estações de Leitura: Acervo Móvel Literário de Escritoras Negras Baianas – Antologia

“Antologia constituída por sete escritoras baianas (Nicole de Antunes, Dani de Iracema, Winnie Lorena, Manoela Barbosa, Helena Nascimento, Lorena Ribeiro e Juci Reis), sob curadoria e organização de Juci Reis e confecção artesanal de Diane Portella. A antologia, que leva o mesmo título do acervo literário móvel, é uma produção de meta amplificada do projeto Estações de Leitura, que teve apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal. Saiba mais, aqui.

Poetas Negras Brasileiras: uma antologia

“Uma obra panorâmica que nos apresenta vozes contemporâneas e nos convida ao mergulho num pluriverso de possibilidades de apreensões da mulheridade negra e suas escritas. Poetas de diferentes faixas etárias, localizações, espiritualidades e compreensões de suas humanidades, traduzem em metáforas dissonantes, plasticidades e sonoridades, as experiências éticas e estéticas que atravessam o Viver. Ao mesmo tempo, apontam tanto para os dramas coletivos do existir, quanto para uma profunda camada da subjetividade. Os poemas trazem temas como identidade, linhagem, ancestralidade, sexualidade, cabelo e fenótipo, violência, racismo, equidade, maternidade, amor, paixão… Se tivesse, entretanto, que resumir esta antologia em apenas uma palavra seria força: não aquela romantizada que limita em lugares estanques a potência das mulheres negras, mas a força daquelas mulheres que fazem do verbo as suas armas de guerra e as suas fortalezas. […]” Compre aqui.

Vozes Nordestinas

“‘Vozes Nordestinas’ é o terceiro livro da série Vozes e, assim como os dois primeiros, se faz resistência. Um grito de liberdade de pessoas constantemente silenciadas, que reivindicam seu protagonismo e ampliam suas vozes pela escrita. Através de ilustrações de Beatriz Montenegro e quatro histórias de ficção, es autores Deko Lipe, Yuri Rebouças, Lorena Ribeiro e Lira Queiroz narram a trajetória de personagens em busca de seus sonhos e de se verem representades.” Compre aqui.